Quando o calor começa a fazer parte do nosso dia a dia, chega junto aquela vontade de ir à praia ou dar um mergulho na piscina, não é mesmo? É aí que vem, também, algumas dúvidas sobre como aproveitar estes momentos mesmo estando menstruada. E já que você está se perguntando, vamos logo responder com uma boa notícia: sim, você pode entrar na piscina menstruada!

Vamos mostrar nesse post algumas dicas e cuidados que você deve ter para poder aproveitar a piscina e curtir o verão desencanada com a menstruação. Confira! <3

Como aproveitar a piscina mesmo estando menstruada

Essa é uma das principais dúvidas das meninas e mulheres que menstruam. Você já sabe que a piscina está autorizada, mas é importante lembrar que, ainda assim, esse é um período um pouco delicado, por isso precisamos tomar alguns cuidados. Confira abaixo algumas dicas para poder nadar tranquilamente:

  • Não entre na água muito fria: Entrar na água fria pode causar uma contração dos vasos sanguíneos, que acabam trazendo aquela dor que já conhecemos: a cólica menstrual¹. Por isso, neste período, você precisa tomar cuidado. Só entre na piscina se você não costuma ter muita cólica ou se a água não estiver muito fria, pois pode acabar aumentando o desconforto.

  • Use proteção interna: A única contra-indicação na hora de entrar na piscina menstruada é se você não estiver usando proteção interna². Esse cuidado é indispensável principalmente se você tem um fluxo menstrual muito intenso. A dica, portanto, é optar pelo absorvente interno ou coletor menstrual para entrar na piscina!

  • Não fique de biquíni molhado: Roupas úmidas, principalmente as da região íntima, são ambientes perfeitos para os fungos se proliferarem³. Portanto, assim que sair da piscina, já troque de roupa. Assim você mantém a higiene e evita problemas futuros, além de manter o corpo quentinho para evitar a cólica1!

Relaxar na piscina pode fazer bem

Como você já descobriu, existem várias dicas para entrar na piscina mesmo menstruada e esse hábito não faz mal. Muito pelo contrário: você sabia que a hidroterapia - que são os tratamentos com água - podem, na verdade, fazer bem para a sua saúde2?

Este tipo de tratamento tem muitos efeitos positivos como o aumento da circulação sanguínea, o relaxamento e o alívio de dores², e todos eles podem ser um auxílio para você que sofre com os desconfortos da menstruação. Ou seja, pode ficar tranquila: no fim das contas, entrar na piscina no período menstrual pode ser até relaxante e ajudar a aliviar as dores menstruais!

Saiba mais sobre Dor de cabeça no período menstrual

Pode comemorar, agora você já sabe que nada, nem mesmo a menstruação, vai estragar a sua tarde na piscina! Aproveite todas as dicas e garanta que o seu momento de curtição seja ainda melhor!

E você também pode tirar outras dúvidas sobre a sua menstruação dando uma olhada nas várias dicas que já postamos. Encontre-as na seção de dicas do site de Buscofem ou, ainda, no app Sai Cólica! Gostou? Agora vá aproveitar a sua piscina, garota! ;)

Buscofem é indicado para o alívio das cólicas e outras dores menstruais. Por ser líquido, não demora para ser absorvido pelo organismo, promovendo o alívio 2x mais rápido que comprimidos4. Seu formato em cápsula liquigel torna muito mais fácil de engolir, sem deixar nenhum sabor residual! Para mais informações, consulte a bula de Buscofem!

NÃO USE ESTE MEDICAMENTO EM CASO DE ÚLCERA, GASTRITE, DOENÇA DOS RINS OU SE VOCÊ JÁ TEVE REAÇÃO ALÉRGICA A ANTI-INFLAMATÓRIOS.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Buscofem é um medicamento analgésico em cápsulas Liqui-Gels®, composto por Ibuprofeno 400mg. LIQUI-GELS® é marca registrada da Catalent Brasil LTDA*. Contraindicações: alergia ou intolerância aos componentes da fórmula, asma, pólipo nasal, inchaço ou urticária provocada por medicamentos, úlcera gastrintestinal, doenças graves do coração, fígado ou rins, desidratação, últimos 3 meses de gravidez e em gestantes sem orientação médica e crianças menores de 12 anos. MS - 1.0367.0159 - SAC 0800 701 66 33.

 

Referências:

1 - Diegoli, MSC. Diegoli, CA. Dismenorréia. Revista Brasileira de Medicina. 2006. [Disponível em: http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?fase=r003&id_materia=3529 ]

2 - Biasoli, MC. Machado, CMC. Hidroterapia: Aplicabilidades Clínicas. Revista Brasileira de Medicina. [Disponível em: http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?fase=r003&id_materia=3288 ]

3 - Halbe, HW. Corrimento vaginal. Revista Brasileira de Medicina. [Disponível em: http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?fase=r003&id_materia=2539 ]

4 - Mendes, GD; Mendes, FD; Domingues, CC; Oliveira, RA de; Silva, MA da; Chen, LS; et al. Comparative bioavailability of three ibuprofen formulations in healthy human volunteers. Int J Clin Pharmacol Ther. 2008