Como aliviar a cólica menstrual? Descubra 5 maneiras!

A cólica menstrual ou dismenorreia (aquela dor na região do baixo-ventre) pode ser um verdadeiro incômodo no início do fluxo menstrual, especialmente para mulheres em idade jovem¹.

O que causa a cólica menstrual

Nas primeiras horas antes e durante o fluxo, há um aumento na liberação de prostaglandinas, substâncias que causam contração uterina e dor em forma de cólica (dor pélvica)²,³. Essa é uma das principais causas da dismenorreia primária que, diferente da secundária, não tem relação com alguma disfunção ou alteração física¹.

Entenda melhor as diferenças entre dismenorreia primária e secundária.

Apesar dos sintomas parecidos, a dismenorreia primária e a secundária são diferentes e podem ser facilmente identificadas por um ginecologista por meio do exame de toque³. E é ele quem pode indicar o tratamento mais adequado. Então, ao primeiro sinal de desconforto ou dor muito forte, busque orientação médica!

Como aliviar a cólica menstrual

Confira cinco maneiras de ficar mais confortável “naqueles dias”:

1 - Aplique calor na região

Uma forma bem simples e caseira de aliviar a dor pélvica é aplicar uma fonte de calor na região do baixo-ventre (entre o “pé da barriga” e a pélvis). Pode ser uma bolsa de água quente, uma compressa ou até mesmo um banho quentinho.

O importante é aquecer a região uterina. Isso estimulará a dilatação dos vasos sanguíneos e facilitará a metabolização das prostaglandinas, aliviando a contração muscular¹.

2 - Mantenha uma alimentação saudável

Uma dieta balanceada faz maravilhas ao nosso organismo e pode ajudar, inclusive, durante o ciclo menstrual. Uma simples mudança na dieta pode reduzir as dores da menstruação. 

Reduza o consumo de alimentos gordurosos, sal, açúcar refinado e bebidas alcoólicas³,⁴. Vale, ainda, ingerir alguns alimentos como peixes, grãos, ovos, frutas e vegetais⁴.

3 -  Pratique exercícios físicos

Sim, é isso mesmo! As atividades físicas aceleram a liberação de endorfina, o que melhora o fluxo sanguíneo pélvico e ajuda a amenizar os sintomas de dor³.

4 - Aposte nas terapias alternativas

Além de muito relaxantes, algumas terapias alternativas, como a massagem e a acupuntura, são de muita ajuda para aliviar os sintomas da menstruação. Elas podem agir diretamente no foco da dor, estimulando a circulação sanguínea e ativando as terminações sensoriais da pele, o que ajuda a reduzir a percepção de dor¹.

5 - Medicamentos para alívio da cólica

Você pode contar, ainda, com o auxílio de remédios para cólica, que possuem ação analgésica e anti-inflamatória, como o Ibuprofeno. Esse princípio ativo é um dos mais indicados para o tratamento da dismenorreia primária, pois inibe a produção de prostaglandinas no endométrio e alivia a dor de forma rápida e eficaz.

A cólica menstrual ou dismenorreia (aquela dor na região do baixo-ventre) pode ser um verdadeiro incômodo no início do fluxo menstrual, especialmente para mulheres em idade jovem.

Referências:

1. Diegoli MSC; Diegoli CA. Dismenorreia [Internet]. Rev Bras de Med. 2007. [Acesso em 21 de setembro de 2016]. Disponível em:
http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?fase=r003&id_materia=3529

2. Bernardes J. Dor pélvica e dismenorreia [Internet]. Manual de Ginecologia da Federação das Sociedades Portuguesas de Obstetrícia e Ginecologia. 2009. [Acesso em 21 de setembro de 2016] Disponível em:http://www.fspog.com/fotos/editor2/cap_10.pdf

3. Acqua RD, Bendlin T. Dismenorreia. Femina. 2015; 43(6): 274-276.

4. Haidar MA; Dardes RCM; Navarro APCS. Como diagnosticar e tratar dismenorreia [Internet]. Rev Bras de Med. 2012. [Acesso em 21 de setembro de 2016]. Disponível em:http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?fase=r003&id_materia=5273